22 June 2007

RIO DAS POSSIBILIDADES


Nunca direi não às minhas possibilidades
Porque o dizer não
É atravancar o curso do rio
Que eu criei na minha imaginação
Falasse o rio o que eu sonho
Ele me diria,
"Deita e navega,
Não te esforça,
Que te levo,
Te levo onde o amanhã está"
A possibilidade de ser nasceu em mim nesta noite
Deito-me para navegar.

2 comments:

amilton said...

Lindo, lindo o seu rio, ceci.Quem não gostaria de se deixar levar por ele? Que mesmo assim, com essas belas e perigosas cascatas, você chegue maravilhosamente bem à praia em que a esperam com muito amor.
Parabéns e beijos do tio amilton

ZAZÁ LEE said...

Não sei se foi o texto ou a paisagem que me tocaram.
Mas gostei muito !