23 September 2007

MISTURA FINA DE MULHER


Um silêncio de pó de móveis
Uma sabedoria dos simples
Um gesto de animal depois do prazer
Um calor de forno que assa bolo
E um desejo de invencionice
Que cria a perfeição
Estado de maresia
Estado de pós morte
Assim é que me encontro
Não sei se triste
Não sei se doce

Estou,
Acima da dor
Abaixo do gozo,
Naquela região onde os sentimentos se misturam
Então, estou assim
Mistura fina de mulher
Um pouco da indagação do medo do futuro
E do presente,
Um pouco de sorte.


1 comment:

ZAZÁ LEE said...

Lindíssimo. A gente parece que está na mesma sintonia...