07 January 2009

POEMA DA SATISFAÇÃO


Meu Deus, como sou feliz não tendo nada!
Sou como aquela folhinha que se desprendeu da árvore,
sozinha, sozinha,
mas quanta liberdade!

1 comment:

ZAZÁ LEE said...

Isso é verdade: Nada como a LIBERDADE!