25 March 2011

POEMA DO MATERIALISMO



Hoje não me fale de amor,
não me fale de crisálidas
e não me fale de espíritos.
Hoje estou somente
para pão com goiabada.

3 comments:

Shirley said...

Tem dia que não queremos encarar assunto sério...O jeito é relaxar... Pão com goiabada engorda, cuidado,rs. Beijos!

Sotnas said...

Olé Cecília, desejo que tudo esteja bem contigo!
Perfeitamente aceitável, na escrita de nossa história, necessitamos vez ou outra escrever ao menos um parágrafo de maneira, digamos menos convencional, e pão com goiabada e fantástico, nada mais doce e alegre, ao menos quando se era criança, e que há em nós exige quebras de rotina! Parabéns pelo alegre e belo poema!
Desejo a você e todos ao redor felicidades sempre, agradecido pelo carinho e visitas, abraço e até mais!

André said...

Tem dias assim, minha querida Cecília, tem dias assim. E eles são tão saborosos!.... Aproveite-os bem.

Um grande abraço, meu carinho.

André