06 October 2006

SOFRIMENTO DO POETA


Ah, o sofrimento do poeta;
Hoje posso sentir todas as dores
Não porque sofra as mágoas exteriores
Mas é quero escrever, quero falar,
Mas nada vem à minha mente
Não é maior a dor de um sentimento falho
Nem a tristeza por estar vivendo
Do querer falar e não poder
Porque as palavras me abandonam

E fogem para sempre.

1 comment:

André Carlucci said...

oi mãe!
vc ta cada vez melhor hein?
seu livro vai se um sucesso..
alias
coloquei no meu perfil o endereço do seu blog...
vamo publica esse site pra bastante gente =)
bjaooo