08 October 2006

VIDA CHATA


Meu Deus, que domingo!
A cabeça do sábado ainda dói
As pernas da sexta feira teimam em se arrastar
O trabalho da quinta estafante pesa em chumbo
A paradeira da quarta me azeda
A terça que amanheceu chuvosa só sufoca
E a segunda pavorosa me afoga
Que domingo terei que enfrentar?
Os móveis empoeirados nem sabem que é domingo
Mas eu sei que é dia de preguiça e tédio
Estou aqui, à espera, inerte
De preparar as pernas para a sexta-feira
Esvaziar a cabeça para o sábado
Melhorar a terça nebulosa
E todos os dias subseqüentes dessa vida chata
Meu Deus, que vida chata!

1 comment:

Clarissa said...

Que inspiração!!!