11 January 2007

CONSTATAÇÃO


Vê se me entende;
Eu era triste,
Mas eu era alegre.
Mas que feliz contradição!
Agora?
Agora sou apenas triste;
Não tem mais, todavia, contudo, entretanto...
A tristeza é um sentido singular
Que anda melhor
Quando não está acompanhado
Nem da alegria,
Falsa como a pedra de rubi que enfeita meu anel
A alegria de viver da falsidade
É um modo inocente de tapear a tristeza
Por quanto tempo eu enganei a minha?
Até ontem;
Hoje ela descobriu que está sozinha.

1 comment:

Zazá said...

HUMMMM...Será que neste dia 11, numerólogicamente mágico, você passou o espanador na tristeza e espalhou toda a alegria?

Ou não passou espanador?
Passouum pano bem limpinho com sabonete da erva-doce?