08 January 2007

EU SOU


Faz um tempo me disseram; sua literatura é linda.
Minha literatura não é linda, nem bem feita, nem cheia de recursos lingüísticos rebuscados; nem mesmo humilde ela é. Humilde seria se eu a submetesse à apreciação de outros e ouvisse esses outros de forma a moldar minhas palavras. Mas não, escrevo quando quero e como quero, cometo os erros mais crassos e me repito em temas quando posso. Se essa literatura dói nos outros, creia-me que já me doeu primeiro, e portanto, aí me vingo em dose dupla; se eu sofro, não poupo ninguém na minha e da sua dor.
Minha literatura serve apenas como despejo emocional de uma mulher que viveu pouco, embora já tenha vivido nos altos e baixos da mesma montanha russa; que sonhou muito e colheu apenas semente rejeitada, que acreditou em si mesma e recebeu de volta todos os seus fracassos embalados em experiência farta em dor. Aqui, na minha literatura, dor é fonte de produção, alegria é tropeço e impedimento, portanto, que haja sangue e que haja choro para completar a catarse artística do meu texto.
Entretanto, minha literatura não é uma intenção de arte nem mesmo de expectativa de consagração; é uma necessidade, um "must" um aviso, de que quando escrevo, me sinto útil e se não escrevo, é porque já desisti. Não de mim, desisti de você. Em suma, deve ser porque já não queira mais compartilhar com ninguém a minha intimidade.
Minha literatura, embora não seja linda, é próxima e recorrente. Se não a coloco sobre o papel, ela continua em mim, todo dia, à hora do café, à sombra do relógio quando bate meio dia, se tomo chá ou leite morno, dormindo ou me preparando para o sono. Minha literatura é o que você vê. Eu sou.

3 comments:

Ana said...

Continua a escrever!
Aproveito para te dizer que podes usar os meus singelos trabalhos.São simples, sem grande arte, mas é o que me vai na alma:)
Beijinho
Ana

Zazá said...

Ana,
Quais seriam seus singelos trabalhos?
Não sei quem você é, mas fiquei curiosa.Tem a ver com Pé de Pitanga?

Zazá

Maria Cecilia Figueiredo said...

Za
Essa moça acho que vem de Portugal
Clica no nome dela aqui no comentario e veja o que ela faz.
Ela me visitou por acaso.
Certo, Ana?