29 December 2007

POEMA PARA CLARISSA


Um filho é ilha dos sonhos, paradisíaca e distante,
Cheia de descobertas circulares
De avistá-la e desejar-se atingir-lhe
De se contentar com seu destacamento e sua independência
Uma filha entretanto, é o continente,
Rico e vasto,
Generoso e hostil
Terra de se plantar e de se colher
Terra de se encontrar o que já foi plantado;
Continente de contornos femininos
Essência do que é fértil e do que é doador
Quanto mais o buscamos, mais ele se dá.



1 comment:

ZAZÁ LEE said...

Clarinha Vagalume!

Que lindo presente vc ganhou da sua mãe!
Sugiro que a beije com muito amor e que tenha por ela o maior respeito do mundo, pois vc não tem NOÇÃO do quanto ela te ama!
Lindo.