19 June 2008

O TEMPO

O tempo,
esse animal assombrado
uiva de noite
e uiva de dia
por falta de melancolia
Minha figura,
essa mistura de sentimentos
pendurada em manequim de costura
apenas se enferruja
Ignoro o que dói mais
se é a velhice que assusta
ou se o tempo que cura.

1 comment:

ZAZÁ LEE said...

Ué ... não tem foto , ilustração aqui?