19 January 2009

GIGANTE


Uma vez eu vi um gigante
embora fosse enorme, era um gigante frágil
temeroso, menos animalesco e mais humano
Sempre fiquei pensando nesse gigante manco
que eu vira um dia
Tinha medo de revê-lo novamente
e sentir mais pena dele do que já havia tido.
Ontem, quando me aprontava para sair de casa
ouvi um barulho de gigante que se aproximava;
foi um barulho estrondoso, seco e abafado,
calculei que o gigante estaria
por detrás das cadeiras da sala
Ele estava ali, imóvel, os olhos esbugalhados
parece que me pedia socorro
e socorro era o que eu não dava...
Depois de um pouco de dó da minha parte,
eis que ele partiu de novo,
sabe-se lá para onde foi apelar apreço
Agora fico pensando
se a minha simpatia por gigantes sempre foi assim, largada...
Não sinto falta de nada,
nem de gigante, nem de medo.


1 comment:

ZAZÁ LEE said...

Eu vejo um gigante todos os dias....Não sei se tenho medo dele, mas pena não sinto.