09 July 2010

POEMA DA VOZ AMADA




Vindo na distância, a voz amada
soa mais grave,
como deve soar numa distância,
a gravidade.
Para compreender de fato o amor
é necessário avaliar no afastamento
a textura e a natureza da voz da coisa amada;
se é grave, é porque veio de saudade, carregada
e se acontecer também de ser doce e entrecortada
é porque o amor ainda vive,
 e em nada de perdeu da ilusão,
 a despeito do seu vasto espaço.

2 comments:

Franck said...

Cheguei aqui pelo título do seu blog, de uma singeleza! E aprovetei para entrar na sua casa, aproveitar a sombra de seu pé de pitanga, e, fiquei extasiado com tanta poesia!
Um bom domingo!

zazá lee said...

Bonitas Palavras.