19 January 2011

CANÇÃO DA SÚPLICA

Meu Deus, tira-me 
a santidade e dá-me a loucura;
melhor demente do que pura;
a insanidade acresce
e a pureza deturpa.

2 comments:

Sotnas said...

Olá poetisa Cecília, desejo que tudo esteja bem contigo, sempre!
Mudanças na casa, eu gostei! Ficou bem mais alegre, a imagem do perfil também, e este poema, perfeito e concordo. Não vejo qualquer glória viver a falsa pureza, deturpada, e de valores invertidos!
Parabéns pelo poema e pela imagem que também é bela, e pela alegria e cores novas, desejo pra você e todos ao redor iluminada e feliz existência sempre. Obrigado pelas carinhosas visitas e comentários, grande abraço e até mais!

André said...

E não é que você tem razão, Cecília? pureza demais pode levar à loucura, não é mesmo? :-)

Saborosa imagem essa dos pêssegos, ah! este seu grande talento não fica apenas nas letras...

Encanto-me sempre quando venho aqui.

Um grande abraço, amiga.

André