20 January 2011

TON TON, VIVER É TÃO BOM

Ah, viver é tão bom!
Chupar sorvete na praça
as quatro da tarde
vestindo uma saia estampada
de cetim alaranjada
tem a felicidade
que nem em Paris se acha!
Viver é tão bom!
Se toca o sino então
"ton ton, ton ton,
meu coração bate junto
sentindo aqui por dentro,
"é tão bom,
" é tão bom!".

2 comments:

Sotnas said...

Olá Cecília, desejo que tudo esteja bem contigo!
Com certeza, viver é melhor de bom!
Tanto que faço uma homenagem à vida na postagem Fronteira no sotblog, claro que a minha vida, mas, vida é vida não é mesmo!
Desta maneira que você escreveu quem viveu pode contar para a geração futura, pois caminhamos para a era do autômato, tudo pré-cozido, ou fabricado, pré isso ou pré aquilo, nos movimentamos menos e nos preocupamos mais, parece irônico, mas é a verdade!
Se você consegue fazer isto, é muito feliz, e fico feliz por você e também por que sempre que aqui venho sentar a sombra de seu Pé de Pitanga, leio belos e alegres poemas, parabéns pelo belo poema, palavras expressando muita alegria, principalmente pela vida!
Desejo a você e todos ao redor iluminada e feliz existência sempre, obrigado pelos sempre carinhosos e gentis comentários em suas visitas, e também pela sua alegre e feliz amizade, grande abraço e até mais!
Quer saber! Também aguardo o seu e de todos os amigos, e tenho certeza que, não é por vaidade também. E sim por saber que alguém que conhecemos apenas por palavras escritas gosta do que escrevo, e me deixa feliz e, creio que isto é também pela amizade! Alguns vão dizer que estou enganado, mas é o que penso e sinto!

André said...

Cecília,
certos textos seus tem a propriedade de serem mais que descritivos, eles exalam mesmo fragrâncias e me trazem sabores. Essas combinações de sorvete, alaranjada e sino tocando me levaram, quem sabe, à praça da cidade onde você mora.

Tem melhor poesia do que esta, a que transporta?

Além do mais, o que se encontra mais em Paris é greve e poluição, não o savoir-vivre de uma praça assim, creia-me.

Meus aplausos, excelente!